7 competências mais valorizadas pelas empresas

5 min leitura

7 jan 2020
Compartilhar

Quem procura uma vaga de trabalho geralmente destaca no currículo as competências técnicas. No entanto, as competências mais valorizadas pelas empresas nos dias de hoje são justamente aquelas que não são ensinadas no banco das escolas: as competências comportamentais.

Essas são desenvolvidas ao longo da vida e podem ser ensinadas, mas isso requer um esforço maior das empresas, já que envolve cultura, crenças e habilidades emocionais. Por isso, os recrutadores valorizam os candidatos que já possuem essas competências.

Neste post separamos para você as 7 competências mais valorizadas pelas empresas. Continue a leitura para conferir!

1. Controle emocional

O controle emocional é uma das competências mais importantes em um indivíduo e uma das mais valorizadas pelas empresas.

Com a competitividade no mercado de trabalho, a imposição de metas e rotinas cada vez mais agitadas, demonstrar controle emocional diante de situações de pressão e estresse é fundamental para manter o equilíbrio de toda a equipe.

Como não é possível prever quais situações precisarão ser enfrentadas no futuro, ter controle emocional também é fundamental para o sucesso de qualquer profissional, seja na busca de um emprego ou para se manter nele.

2. Resiliência

A resiliência está ligada à capacidade que cada indivíduo tem de lidar com situações adversas do dia a dia, de voltar ao seu estado emocional normal depois de uma situação de grande estresse, decepção ou angústia, em um curto espaço de tempo. Por isso, a resiliência é uma competência que, geralmente, vem com a maturidade emocional. 

3. Comprometimento

Comprometimento com a empresa, com o trabalho e com a equipe é o segredo para o sucesso de qualquer profissional.

Essa competência também ajuda a superar obstáculos de maneira positiva e proativa, além de evidenciar um perfil profissional competente.

O desenvolvimento dessa habilidade pode ser feito com a ajuda de lideranças e também de pessoas próximas. Pergunte como eles veem o seu nível de comprometimento, e como você pode melhorar suas atitudes no dia a dia.

4. Autoconfiança

Ter confiança em si ajuda na rotina do trabalho, além de contribuir para a construção de uma imagem profissional competente.

Isso porque, quando você tem domínio das suas habilidades técnicas e comportamentais, suas funções são exercidas com mais facilidade, contribuindo para a performance da equipe e com o desenvolvimento da organização para a qual você trabalha.

Além disso, profissionais que possuem autoconfiança são capazes de inspirar os colegas, chefes e subordinados.

5.  Pensamento criativo

Inovação e eficiência são tudo o que as empresas buscam na atualidade. Isso acontece porque o pensamento criativo gera diferenciais competitivos para as organizações.Por isso mesmo, as companhias buscam ter em suas equipes profissionais que agreguem essa competência.

Os recrutadores possuem ferramentas para identificar o pensamento criativo, mas uma dica é descrevê-lo no currículo e no seu vídeocurrículo. 

Assim, na entrevista presencial, o recrutador poderá indagar quais são as atitudes que evidenciam essa competência no seu dia a dia no trabalho. Logo, já deixe preparado alguns exemplos práticos para exposição.

6. Comunicação eficiente

Uma boa comunicação é fundamental para defender ideias, pontos de vista, projetos, ajudar colegas e formar uma imagem profissional proativa, coerente e competente.

Mas engana-se quem pensa que saber se comunicar é apenas saber falar bem. Uma comunicação eficiente envolve saber ouvir, se expressar com linguagem verbal apropriada e também envolve a empatia, que é a capacidade de se colocar no lugar do outro.

7. Trabalho em equipe

Uma empresa é composta por vários profissionais, e não somente por uma pessoa ou departamento. Por isso, o trabalho em equipe é tão valorizado, pois quando cada um faz a sua função visando o desenvolvimento do grupo, e consequentemente da empresa, as chances de sucesso são muito maiores.

Além disso, quem consegue trabalhar em equipe possui flexibilidade para lidar com diferentes perfis de pessoas e tem uma postura colaborativa, requisitos fundamentais para o sucesso de qualquer profissional no mercado de trabalho.

Dica de ouro: aceitar feedbacks

A opinião dos seus colegas, professores e superiores pode ajudá-lo a desenvolver importantes competências, habilidades e atitudes. Mas isso só vai acontecer se você souber aceitar os feedbacks.

Para isso, é preciso ouvir e compreender que você é um ser humano em constante desenvolvimento. Isso também vale para a sua carreira e, claro, ajuda a empresa a atingir seus objetivos.

Como vimos ao longo deste artigo, são muitas as competências mais valorizadas pelas empresas. Esteja atento a elas e atue no seu autodesenvolvimento. Para tanto, saiba receber feedbaks para se tornar um profissional cada vez melhor. 

Gostou deste artigo sobre as 7 competências mais valorizadas pelas empresas? Deixe seu comentário conosco!

Compartilhar

A plataforma que faz você economizar no investimento do seu tempo e dinheiro