Definição de salário: tudo o que você precisa saber

5 min leitura

Compartilhar

A definição de salário é uma das tarefas mais estratégicas da gestão de Recursos Humanos das empresas, e deve ser revista de forma periódica, a fim de garantir a satisfação e a retenção dos funcionários.

Os melhores talentos do mercado são procurados pela concorrência. Logo, ser estratégico ao definir a remuneração pode ser um grande diferencial para a sua empresa.

Pensando nisso, vamos expor ao longo desta leitura tudo o que você precisa saber para realizar uma definição de salário eficiente na sua empresa. Confira!

Analise o nível de escolaridade

O nível de escolaridade influencia diretamente no cargo e na autonomia do profissional. Consequentemente, o salário deve ser proporcional às competências do funcionário.

Por isso, o primeiro critério para a definição de salário deve ser a avaliação do nível de escolaridade do profissional. 

Vale lembrar que a empresa deve adotar como estratégia de incentivo ao desenvolvimento das competências dos colaboradores, a fim de que eles cresçam e possam desenvolver uma carreira de sucesso na organização.

Verifique o nível de senioridade

A senioridade também é um fator muito importante a ser considerado. Afinal, quanto mais tempo ocupando a vaga, maior é a experiência e a visão sistêmica do profissional.

O nível de senioridade deve ser considerado tanto para novas aquisições de talentos, com profissionais com experiências anteriores, quanto para profissionais que já atuam na organização.

Isso significa que deve haver uma política de melhoria salarial para os colaboradores que atuam há mais tempo na empresa.

Essa definição salarial pode ser combinada previamente com os funcionários em uma política de cargos e salários, por exemplo. 

Estude a média salarial do mercado

Ser competitivo sem perder recursos é fundamental. Por isso, para realizar a definição de salário, é importante conhecer a média salarial do mercado.

Com isso, a empresa pode buscar oferecer uma remuneração igual ou superior a essa média. 

O salário abaixo da média desmotiva os colaboradores e pode fazer com que eles busquem oportunidades fora da companhia.

Já o salário muito acima da média pode ocasionar prejuízo financeiro à corporação. Logo, o ideal é agir com bom senso e justiça.

Considere a carga horária

A carga horária também é um fator fundamental para a definição de salário, ou seja, cada colaborador deve receber de acordo com o tempo trabalhado.

Funcionários no mesmo cargo devem receber valores iguais e as diferenças devem ser explicadas, tais como: salário família, senioridade, alcance de metas, horas extras, etc.

Assim, todos os profissionais devem estar cientes do valor atribuído à sua carga horária e saber quais são os possíveis adicionais que podem ser conquistados.

Pacote de benefícios

Com o salário na média do mercado, o diferencial da sua empresa para atrair os melhores profissionais pode ser atribuir um pacote de benefícios, além dos obrigatórios.

Esse pacote de benefícios pode ser criado em conjunto com os colaboradores, mediante sugestões, ou podem ser definidos pela gestão para engajar o dia a dia do profissional.

São exemplos de benefícios os convênios com academias, universidades, cursos e outros serviços de interesse do público interno da empresa.

Além disso, pode ser implantado um sistema de remuneração por meta alcançada, participação nos lucros e auxílios diversos.

Um pacote de benefícios robusto é capaz de promover a satisfação e o engajamento do colaborador, o que é fundamental para reter talentos e aumentar a produtividade da empresa.

Além disso, contribui para uma melhor qualidade de vida do colaborador, fator que contribui para a manutenção de um clima organizacional positivo e aumento da satisfação de todos os envolvidos no negócio.

Construa um plano de cargos e salários

Para facilitar a definição de salário, vale a pena considerar criar um plano de cargos e salários para a sua empresa.

Com essa estratégia, os colaboradores já entrarão na empresa sabendo até onde podem chegar, e como devem se desenvolver para conquistar sua ascensão.

Outro ponto positivo é a ampliação do comprometimento e da confiança entre empregador e empregado, uma vez que ambos estarão alinhados com o que almejam um com o outro.

Por fim, fazer um plano de cargos e salários ajuda a reter os profissionais, e faz com que novos talentos se sintam atraídos a trabalhar na empresa. 

Assim, fica evidente que a definição de salário pode ser realizada de forma estratégica, com o objetivo de reter os funcionários e manter a empresa competitiva no mercado. Dessa maneira, faz-se uma relação ganha-ganha, com benefícios tanto para empresas quanto para funcionários. 

E então, este artigo sobre definição de salário foi útil para você? Leia mais artigos como este no nosso blog e expanda seus conhecimentos!

Compartilhar

A plataforma que faz você economizar no investimento do seu tempo e dinheiro