Mercado de trabalho depois dos 40 anos: desafios e oportunidades

6 min leitura

Compartilhar

O mercado de trabalho depois dos 40 anos é um desafio para muitas pessoas. 

Afinal, a maior parte das oportunidades é para profissionais juniores, e o salário, corriqueiramente, tende a ser um empecilho para a contratação de um profissional com mais experiência.

No entanto, essa também é uma fase em que várias oportunidades podem surgir, fruto de um amadurecimento pessoal e profissional.

Ficou curioso e quer saber mais sobre as oportunidades e desafios para o mercado de trabalho depois dos 40 anos? Então, continue a leitura!

Principais desafios no mercado de trabalho depois dos 40 anos

Fazer uma transição de carreira, ou mesmo almejar uma recolocação profissional é possível em qualquer fase da vida.

Ainda mais se levarmos em conta que a população brasileira está envelhecendo e, assim, é um processo natural termos profissionais mais maduros nas empresas.

No entanto, é preciso estar ciente de alguns desafios a serem enfrentados. Confira a seguir!

Esbarrar na remuneração

A negociação do salário inicial é bastante comum nas empresas e, nesse caso, os profissionais com mais de 40 anos podem ter mais dificuldade para conseguir uma vaga.

Isso porque, na maioria dos casos, esses profissionais já têm família constituída, e fica mais difícil negociar um salário menor.

Isso explica, em parte, o motivo dos cargos juniores serem mais numerosos nas organizações. 

A lógica é simples: quanto mais velho, mais “caro” você se torna para o mercado de trabalho.

E por que isso acontece? É porque depois dos 40 anos o profissional possui um vasto histórico profissional e já avançou na carreira, o que implica no próximo tópico.

Ser superqualificado para as vagas

É comum os recrutadores avaliarem currículos de profissionais acima de 40 anos como superqualificados para a vaga.

Caso a vaga seja para uma posição de liderança, por exemplo, esse pode até ser um grande diferencial. 

No entanto, como os cargos de gestão também são em menor número, conseguir uma recolocação pode não ser tão fácil.

Estar desatualizado para o mercado de trabalho depois dos 40 anos

Com o avanço da tecnologia, as empresas têm demandas recorrentes por profissionais qualificados e também atualizados em sua área de formação.

O domínio dos dispositivos e softwares de informática, por exemplo, é um exemplo clássico que elimina muitos profissionais dos processos de recrutamento e seleção das empresas.

Resistir ao desenvolvimento de novas habilidades

Achar que sabe tudo é um dos principais erros que qualquer profissional pode cometer.

Desenvolver novas habilidades e se manter em aprendizado contínuo é algo fundamental para se manter atualizado e competitivo no mercado de trabalho.

Principais oportunidades no mercado de trabalho depois dos 40 anos

Se os desafios são muitos, as oportunidades para quem deseja fazer uma transição de carreira ou encontrar um novo emprego depois dos 40 também são relevantes. Confira a seguir!

Trabalhar com aquilo que gosta

Com a experiência adquirida e a maturidade de quem já passou por diversos desafios na carreira profissional, talvez seja a hora de trabalhar com o que gosta!

Para isso, talvez você tenha de recomeçar ganhando um pouco menos do que estava habituado.

Nesse caso, é prudente ter uma reserva financeira para suprir as necessidades da família pelo período de pelo menos 2 anos.

Dessa forma, você garante que nada faltará a eles e você pode se manter concentrado nesse novo momento da sua vida profissional, até conseguir aumentar os ganhos.

Aprender algo novo

Para quem está aberto a se desenvolver e aprender algo novo depois dos 40 anos, isso pode trazer uma série de benefícios.

Isso porque, já não faz mais parte da personalidade o ímpeto e a ansiedade de quando se tinha 20 anos, não é mesmo?

Mais maduro e centrado em seus objetivos, fica mais fácil traçar e alcançar os resultados almejados, focando nos novos aprendizados.

Experimentar novas possibilidades

Experimentar uma nova carreira é desafiador em qualquer idade. Por isso, usar a sabedoria e dar pequenos passos em direção à sua nova profissão deve ser feito com cautela e criatividade.

Por exemplo, para que você possa estar mais confiante, é importante oferecer os seus serviços de forma pontual.

O trabalho voluntário também é uma forma de você conquistar mais confiança em suas atividades, além de ajudar a praticar a empatia.

Caso seja possível conciliar um emprego que você já tenha com a nova carreira, melhor ainda.

Com isso, você se resguarda e o seu risco financeiro é menor. Além disso, a pressão e o estresse de uma transição de carreira são reduzidos.

Usar a tecnologia como aliada no mercado de trabalho depois dos 40 anos

Manter-se ativo em suas redes sociais e também cadastrar o seu currículo em plataformas de recrutamento online é fundamental para conquistar uma recolocação profissional após os 40 anos.

O mundo está cada vez mais digital, e você precisa estar atento a isso. Nesse sentido, vale a pena se atualizar e usar a tecnologia a seu favor!

A vídeo apresentação, por exemplo, pode ser a sua oportunidade para demonstrar os seus conhecimentos e habilidades, elevando as suas chances de contratação.

Conectar-se a outras pessoas

O networking é fundamental em todas as fases da vida profissional, e não é diferente no mercado de trabalho depois dos 40 anos.

Procure fazer contato com os amigos da escola ou faculdade, encontre pessoas com quem você já trabalhou e diga sobre o seu novo momento profissional.

Além de ativar a sua rede de contatos, você terá uma oportunidade única de rever amigos e trocar ideias.

Isso pode contribuir para que você não somente reative a sua rede de contatos, como também aumente o seu círculo de amizades e influência.

Considerar empreender

O empreendedorismo já é uma realidade para 52 milhões de brasileiros, de acordo com levantamento da Global Entrepreneurship Monitor (GEM), em 2019.

Ao abrir uma empresa de serviços na sua área de especialidade, por exemplo, você pode prestar serviços para diversas empresas como terceirizado.

Você também pode trabalhar com a venda de produtos, e para isso terá de mapear uma área de atuação e contar com um bom planejamento, além de estoque.

Com toda a sua experiência no mercado de trabalho, as chances de você prosperar enquanto empreendedor é grande.

No entanto, é preciso cautela e manter uma reserva de emergência para arcar com os gastos.

Diante disso, fica claro que o mercado de trabalho depois dos 40 anos possui oportunidades e desafios, e se você deseja aproveitar o melhor dessa fase, deve conhecer as possibilidades com propriedade, a fim de se planejar.

Se você gostou deste artigo sobre mercado de trabalho após os 40 anos, compartilhe nas suas redes sociais para que mais pessoas tenham acesso ao tema!

 

Compartilhar

A plataforma que faz você economizar no investimento do seu tempo e dinheiro